A Agência Nacional de Saúde de Suplementar (ANS) torna disponíveis os dados referentes à quantidade de exames de Covid-19 realizados no Brasil, no setor de saúde suplementar, nos meses de março e abril e números sobre atendimentos por telessaúde, efetuados em abril. Essas informações estão na Análise de Dados de Eventos do Padrão TISS do 1º Quadrimestre de 2020.

O exame para detecção da Covid 19 – SARS-CoV-2 (CORONAVÍRUS COVID-19) – pesquisa por RT – PCR (com diretriz de utilização) – foi incluído no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, de cobertura obrigatória no setor, em 13/03/2020. Nos meses de março e abril foram realizados 25.793 exames em todo o país (11.179 em março e 14.794 em abril – ver quadro abaixo). O estado de São Paulo, com 10.921 exames realizados nos dois meses, representa 42,05% do total. Na sequência vem Rio de Janeiro (2.992 exames – 11,52%) e Minas Gerais (2.109 exames – 8,12%).

Sobre a telessaúde, no primeiro mês de coleta desses dados (abril), 27 operadoras informaram atendimentos efetuados, totalizando 3.149 procedimentos. Entre os mais realizados destacam-se as consultas médicas, correspondendo a 30,2% do total, seguidas pelos procedimentos em psicoterapia (30,0%) e fonoaudiologia (6%).

O tipo de atendimento telessaúde foi incluído no Padrão de Troca de Informações na Saúde Suplementar (Padrão TISS) em abril, com o intuito de viabilizar e monitorar a utilização do atendimento à distância aos beneficiários de planos de saúde diante das medidas emergenciais adotadas em decorrência da pandemia do novo Coronavírus.

Confira também a Nota Técnica referente à Análise dos Dados de Eventos do Padrão TISS do 1º Trimestre de 2020.

EXAMES PARA DETECÇÃO DE COVID-19 (*)  

tabela JPG

Dados do Padrão TISS/ANS, 13/07/2020
(*)SARS-CoV-2 (CORONAVÍRUS COVID-19) – pesquisa por RT – PCR (com diretriz de utilização)