Por 40 votos favoráveis, seis contrários e uma abstenção, senadores aprovaram em plenário a indicação de Leandro Fonseca da Silva para o cargo de diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Em 7/12, Leandro Fonseca foi aprovado com 11 votos a favor e um contra em sabatina realizada por integrantes da Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal. A próxima etapa é o encaminhamento de seu nome pela presidência do Senado para a Casa Civil para que aconteça a sanção pelo presidente da República.

Leandro Fonseca da Silva tem 42 anos e é graduado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Cursou especialização em Finanças Corporativas (IAG Master em Finanças Corporativas) na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e mestrado em Regulação pela London School of Economics and Political Science (LSE), do Reino Unido.

É servidor público federal – Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental – desde 2004. Iniciou sua carreira no Ministério da Fazenda, onde, a partir de junho de 2006, começou a trabalhar com Economia da Saúde no âmbito da Secretaria de Acompanhamento Econômico. Em março de 2010 foi cedido para a ANS, onde atuou em três diferentes diretorias: Fiscalização (Difis), Desenvolvimento Setorial (Dides) e Normas e Habilitação de Operadoras (Diope). Desde julho de 2014 ocupa o cargo de Gerente Geral de Acompanhamento das Operadoras e Mercado da Diope.