A União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas/DF) irá promover o I Fórum de Autogestões em Saúde do DF. De acordo com o superintendente da Unidas/DF, Marcus Vinicius Willmann Saar de Carvalho, a ideia é mobilizar os diversos setores do mercado para pensar soluções para questões como o barateamento dos planos de saúde. “Este é o primeiro Fórum de vários que virão e será para discutirmos os novos modelos da saúde privada com as operadoras de autogestão. Será uma transferência de conhecimentos. Afinal, os custos estão cada vez mais altos e as pessoas estão indo para outros modelos de saúde”, explica.

O Fórum ocorreu no dia 4/9, no auditório da  Procuradoria Geral da Justiça Militar (PGJM).  O evento recebeu, como palestrantes, o CEO da Amil, Daniel Coudry. O executivo integra os quadros da companhia desde 2016 e é médico com residência em patologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Também esteve presente o juiz do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 10ª Região Rogério Neiva Pinheiro, que falou sobre os paradigmas da negociação em instituições de autogestão; o diretor de saúde do IAG Saúde, Mauro Oscar, que palestrou sobre a eficiência dos hospitais no Brasil e os novos modelos de remuneração; o economista-chefe da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), Marcos Novais, falou sobre as perspectivas para o setor de saúde suplementar; e o diretor do Hospital Sírio Libanês, Paulo Ishibashi, e o CEO da Rede ìmpar, Paulo Curi Savastano, que falaram sobre o aumento da competitividade no setor.”