O diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), José Carlos de Souza Abrahão, participou, na tarde da sexta-feira (9), da 3ª Conferência Nacional de Produtores e Usuários de Informações, Estatísticas, Geográficas e Ambientais (INFOPLAN), promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em comemoração aos 80 anos da instituição. Ele participou de uma sessão plenária sobre “O Mapa da Saúde Brasileira” ao lado do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do presidente do IBGE, Paulo Rebello.

Em sua fala, Abrahão apresentou um panorama do setor de saúde suplementar e ressaltou o foco da Agência no aprimoramento da transparência ativa para maior acesso da sociedade a informações sobre o setor de planos de saúde: “É preciso otimizar recursos e diminuir desperdícios. Para isso, precisamos de bons sistemas de informação e de ferramentas que proporcionem mais disseminação de dados para empoderamento do consumidor. A sociedade tem que saber o que contrata e tem que receber a assistência adequada”, frisou.

Em seguida, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, informou que estão sendo feitos investimentos de R$ 67 milhões na aquisição de três grandes servidores pelo ministério com o objetivo de expandir e informatizar novos serviços em todo território nacional de forma mais rápida e segura, integrando todos os sistemas de saúde. Com o equipamento, será possível implantar o Registro Eletrônico de Saúde (RES) e o prontuário eletrônico do paciente: “Com o RES, estimamos uma economia de até 20% dos gastos com atenção à saúde, o que corresponde a um volume entre R$7 e 14 bilhões ao ano”.