A multinacional operadora de investimentos BlackRock, com sede nos Estados Unidos, comunica ao mercado a compra de 5,03% das ações de emissão da gestora de saúde cearense Hapvida. A informação foi revelada na manhã desta sexta-feira, 6 de maio, porém, a negociação foi finalizada no dia 3 do referido mês.

No comunicado ao mercado, a empresa norte-americana pontua ainda a compra de “instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias com liquidação financeira, representando aproximadamente 0,08% do total de ações ordinárias emitidas pela Companhia”.

A transação financeira ocorreu diretamente entre a BlackRock e a Hapvida Participações e Investimentos S.A. Com o fim da operação, a multinacional do ramo de investimentos passa a gerenciar o equivalente a 5,11% do total das ações ordinárias de emissão da empresa cearense.

“O objetivo das participações societárias acima mencionadas é estritamente de investimento, não objetivando alteração do controle acionário ou da estrutura administrativa da Companhia”, reforça a BlackRock ao justificar a compra das ações da Hapvida.

A empresa norte-americana pontua ainda que não houve a celebração de qualquer tipo de contrato ou  termo que expressem o direito ao voto ou a compra e venda de valores mobiliários emitidos pela Hapvida. Assim, a gestora de investimentos ficará responsável estritamente pelas ações adquiridas.

A Hapvida também emitiu comunicado ao mercado informando seus acionistas e interessados sobre a venda dos ativos para a BlackRock. Em ambos os informes, porém, não foi revelado o valor da transação financeira.