O grupo de medicina diagnóstica Fleury anunciou nesta quarta-feira a formação de um fundo de 200 milhões de reais em parceria com a rival Sabin para investir em startups de saúde.

Em comunicado, o Fleury afirmou que seu conselho de administração aprovou a proposta prevendo que a companhia vai aportar 140 milhões de reais, o equivalente a 70% do fundo, com o restante dos aportes vindo a Sabin.

Os recursos serão empregados em startups de medicina diagnóstica, personalização da medicina e saúde digital, informou o Fleury. Em setembro, a empresa lançou uma plataforma eletrônica de prontuários médicos, cujos dados os próprios pacientes podem compartilhar com médicos e operadoras de planos de saúde.