A Folha realiza a terceira edição do seminário Saúde Suplementar no dia 26 de novembro (terça-feira), em São Paulo. Com três debates e a participação de especialistas, e representantes do governo, de associações do ramo e planos de saúde, o evento tem entrada gratuita.

Com 21 anos de existência, a lei que determina as regras para os planos de saúde é considerada engessada e antiquada por analistas. Desde então, avanços na medicina e nos processos que regem as instituições de saúde alteraram a forma com que os profissionais trabalham e se relacionam com os pacientes.

Para o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, os ajustes precisam acontecer e devem ser avaliados pelo Congresso. “O sistema precisa passar por essa discussão lá na Câmara, que fez uma regra única pensando no Sudeste”, disse o ministro em entrevista à Folha em outubro.

A mudança na legislação é o tema de um dos debates do seminário, que terá ainda dois outros painéis, com discussões sobre a transparência nos planos de saúde e a relação das empresas com os pacientes, e a atenção à saúde mental no sistema suplementar.

O evento acontece no auditório Unibes Cultural (r Oscar Freire, 2500), a partir das 8h30. As inscrições podem ser feitas gratuitamente no site Folha Eventos.