A operadora de planos de saúde Notre Dame Intermédica informou no dia 29/11 que fará uma oferta pública subsequente de ações (follow on). No total, a oferta pode chegar a R$ 4,9 bilhões, levando-se em conta a cotação de fechamento da ação nesta sexta.

Os ativos ON (GNDI3) terminaram o dia cotados a R$ 56,99. No ano, a valorização dos papéis é da ordem de 95%. A bolsa não abre neste sábado, mas você pode conferir como foi o desempenho dos mercados na sexta-feira (29) nesta matéria.

A companhia fará a oferta para levantar recursos para novos investimentos, liquidar debêntures e para pagar a aquisição do grupo Clinipam – anunciada recentemente por R$ 2,6 bilhões, numa tentativa da operadora consolidar sua plataforma verticalizada, com a entrada em uma nova região de atuação.

Segundo a Notre Dame Intermédica, serão 65 milhões de papéis em uma oferta primária (em que os recursos entram no caixa da empresa) e outros 22,75 milhões que hoje estão em posse do fundo Alkes II. Levando-se em conta só a emissão primária, a empresa pode levantar cerca de R$ 3,6 bilhões.

Os bancos coordenadores serão o Itaú BBA, JPMorgan, Morgan Stanley, Citigroup, Credit Suisse, Bradesco BBI e UBS. A oferta secundária será contabilizada como ações adicionais na operação.