A administradora de planos de saúde Qualicorp registrou lucro líquido de R$ 67,6 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 12,4% em relação aos ganhos de R$ 60,7 milhões obtidos no mesmo trimestre de 2019.

O avanço, segundo relatório da administração, se deve ao crescimento do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês); à queda de 23% nas despesas de depreciação e amortização; ao término da amortização de algumas aquisições de carteiras e pela extensão do contrato de não competição junto ao fundador da Qualicorp, além da alíquota efetiva de 6,6% para IR/CSLL, em virtude do provisionamento de R$ 82 milhões em juros sobre capital no quarto trimestre de 2020.

No ano, os ganhos somaram R$ 392,1 milhões, montante 5,3% maior em relação ao ano anterior.

A receita líquida atingiu R$ 551,5 milhões, queda de 0,8% nos três últimos meses do ano passado, ante o mesmo intervalo de 2019. Entre janeiro e dezembro houve avanço de 1,2% para R$ 2,02 bilhões.

O Ebitda cresceu 4,9%, para R$ 158 milhões, em decorrência, segundo a companhia, da redução de 3,2% no total de custos e despesas, e que compensou a pequena queda na receita líquida. No quarto trimestre de 2020, a redução no total consolidado de custos e despesas chegou a 3,2%, no comparativo anual, para R$ 357,1 milhões.

A carteira consolidada de beneficiários apresentou, no último trimestre do ano, crescimento de 22,8% no segmento coletivo por adesão , mas queda de 23,2% em corporativo e outros.