A venda da sede da Unimed-Rio, na Barra da Tijuca, recebeu o sinal verde dos médicos cooperados da operadora em assembleia realizada nesta segunda-feira. Com aval de mais de 90% dos 660 cooperados presentes, o prédio de 7.600 metros quadrados, será vendido para a incoporadora Helbor- HBR por R$ 72 milhões. O negócio inclui o aluguel de uma construção de 5.500 metros quadrados, colada ao hospital da Unimed-Rio, na Avenida Ayrton Senna, que será a nova sede da cooperativa. Toda a transação foi conduzida pelo banco Santander que, desde 2016, faz a assessoria financeira da cooperativa.

– Este é mais um passo importante na nossa trajetória de retomada. É o início de um processo que será realizado para cumprir mais um ponto do Termo de Compromisso firmado com a ANS e órgãos públicos. Além disso, vamos fortalecer nossa marca aproximando a sede de nosso maior ativo, o Hospital Unimed-Rio – explica Romeu Scofano, presidente da Unimed-Rio.

A expectativa é que a negociação seja fechada em até três meses, tempo necessário para os acertos jurídicos, e que a mudança da sede seja feita no segundo semestre. Helbor é uma incorporadora presente em 30 cidades, distribuídas por mais de dez estados brasileiros, com um patrimônio líquido de R$ 1,64 bi.

A venda da sede era um dos compromissos firmados no acordo de recuperação assinado com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ). O termo será revisto este mês quando completa um ano de vigência. Fontes acreditam na renovação, com algumas realinhamentos de objetivos.