O fundador e acionista da Qualicorp, José Seripieri Filho, se comprometeu a adquirir em mercado até o fim deste exercício social pelo menos R$ 150 milhões em ações da companhia, de acordo com fato relevante divulgado em 07/10 pela empresa de planos de saúde.

O valor equivale à indenização recebida por Seripieri Filho em um controverso contrato de não alienação e não competição assinado com a empresa, que levou as ações da companhia a despencarem quase 20% desde o início do mês.

O conselho de administração da Qualicorp também decidiu, segundo fato relevante, que novas operações com partes relacionadas envolvendo a companhia e acionista serão submetidas à aprovação de assembleia geral de acionistas.

Além disso, a XP Gestão de Recursos, que detém cerca de 9% do capital da Qualicorp e se opôs ao acordo com o fundador da empresa, indicou Rogério Calderón Peres para conselho de administração. Peres irá liderar o recém-criado comitê de governança que irá trabalhar para a melhora da governança corporativa da empresa, disse a Qualicorp em fato relevante.

A companhia anunciou ainda a criação de um comitê de governança, que irá atender os acionistas minoritários.  Será nomeado um conselheiro externo para a presidência do comitê de governança.