A rede SulAmérica no dia 11/11 em Curitiba e cidades da região metropolitana o SulAmérica Direto, com valor a partir de R$ 142 para planos empresariais de 30 vidas ou mais. O produto é uma aposta da empresa, que vem se dedicando em propostas inovadoras como a rede inteligente que proporciona desde orientação médica por telefone a teletriagem por aplicativo.

O SulAmérica Direto pretende oferecer uma cobertura popular e mais acessível, já está presente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O novo produto tem apresentado bons resultados: os números do 3° trimestre de 2019 mostram crescimento sustentável com números positivos. O lucro líquido da empresa cresceu 42,7% no acumulado em relação ao ano anterior.

Para o diretor de saúde e odonto da SulAmérica, Ricardo Soares, o sistema de saúde precisa se reinventar. “O custo médico só sobe e o país precisa ser eficiente em saúde. Não só operadoras mas também prestadores, alguma coisa tem que ser feito para tornar o plano de saúde mais acessível”, explica o diretor.

O novo plano de saúde empresarial vai oferecer cobertura em Curitiba e municípios da região metropolitana como Almirante Tamandaré, Araucária, Colombo, Fazenda Rio Grande, Pinhais e São José dos Pinhais. Entre os parceiros, o plano SulAmérica Direto em Curitiba conta com instituições especializadas como o Hospital Pequeno Príncipe, Hospital Médico dos Olhos, Hospital Erasto Gaertner e Maternidade Santa Brígida.

Os laboratórios Frischmann Aisengart, com mais de 30 unidades em Curitiba, e 50 médicos entre clínicos gerais e especialistas também estão na cobertura completa do novo plano de saúde.

Médico na Tela

Lançado no primeiro trimestre deste ano, o serviço Médico na Tela permite aos clientes responsáveis por crianças de até 12 anos solicitar uma videochamada com um médico pediatra para receber orientações e tirar dúvidas. O serviço é disponível das 7 às 23 horas de segunda a domingo, inclusive feriados.

O serviço, que tem acesso por meio de aplicativo, vai estar disponível para os futuros beneficiários do SulAmérica Direto em Curitiba. “É importante dizer que o Médico na Tela não é uma consulta, ele vai sugerir o que é melhor em cada caso. Se é algo simples, ou se é preciso correr para um pronto-socorro e até, num caso mais grave, acionar uma ambulância. O que a gente quer é otimizar o atendimento e evitar que a pessoa fique três, quatro horas esperando atendimento no hospital”, salienta Soares.”