A Unimed Franca está entre as 15 iniciativas selecionadas pela Agência Nacional de Saúde (ANS) em todo o país para implantar e ser acompanhada no Projeto “Idoso Bem Cuidado”.

A iniciativa propõe um modelo inovador de atenção aos idosos e o projeto da Unimed Franca contará com toda sua estrutura que contempla os Recursos Próprios, acreditada pela ONA (Organização Nacional de Acreditação), os articulando e os integrando através de sistema de informatização das ações de cuidado, tendo como consequência a utilização adequada dos serviços tanto pelo beneficiário Unimed Franca quanto por seus colaboradores, e o compromisso do monitoramento da saúde e não da doença, além da melhoria da qualidade e da coordenação do atendimento e a reorganização do sistema ao longo de todo o processo de cuidado.

Nesta proposta, a emergência e o hospital assumem novos lugares e deixam de ser porta de entrada do processo de cuidado, passando a ser estruturas para acolhimento de agudização dos casos. Assim, a desarticulação dos serviços de saúde que causam a ida dos idosos a diversos especialistas, a realização de inúmeros exames, a redundância de prescrições que levam à utilização de diversas medicações que podem causar interação entre si e causar efeitos prejudiciais, serão evitadas.

Estes pacientes serão atendidos no CMU (Centro Multidisciplinar Unimed), com equipe multidisciplinar e também no Setor de Medicina Preventiva, onde está sendo implantado um grupo de atividades físicas voltado a esta faixa da população.

O projeto desenvolvido pela Unimed Franca será acompanhado pela ANS através de monitoramento de indicadores, oficinas e reuniões periódicas. “Assim como será um desafio, também é uma oportunidade, visto que estaremos construindo em conjunto com a ANS algo que posteriormente poderá ser utilizado como padrão nacional de mudanças no sistema de saúde relacionado ao idoso”, destaca a médica Gislaine Ferreira.

O IDOSO BEM CUIDADO

O Projeto “Idoso Bem Cuidado” contempla proposta de atenção específica para as pessoas da Terceira Idade. O plano tem como compromisso e metas a melhoria da qualidade e da coordenação do atendimento prestado desde a porta de entrada no sistema e ao longo de todo o processo de cuidado, evitando redundâncias de exames e prescrições, interrupções na trajetória do usuário e as complicações e efeitos adversos gerados pela desarticulação das intervenções em saúde. Como consequência, será possível observar a utilização mais adequada dos recursos do sistema como um todo – tanto por profissionais de saúde quanto pelo próprio paciente.

A proposta também contempla e valoriza as estruturas de apoio ao cuidado integral, que são os cuidados de fim de vida, os cuidados paliativos e a atenção domiciliar.

Essa proposta possui cinco níveis hierarquizados de cuidado – acolhimento, núcleo integrado de cuidado, ambulatório geriátrico, cuidados complexos de curta duração e de longa duração –, mas é nos três primeiros níveis, nas instâncias leves de cuidado, que há a diferença.

O Projeto Piloto “Idoso Bem Cuidado” foi apresentado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar às Operadoras de Planos de Saúde em maio deste ano, com a proposta de que as Operadoras desenvolvessem modelos diferenciados de cuidado à pessoa idosa que contemplassem mudanças no modelo de prestação de serviço e de remuneração dos prestadores, de acordo com metodologia apresentada pela ANS.

Entre 01 e 15 de junho, foram abertas inscrições para que as Operadoras manifestassem interesse em aderir ao modelo proposto. Foram realizadas 96 inscrições por Operadoras de todo o país para a seleção de apenas 15 propostas de modelos diferenciados de cuidado ao idoso. Dentre os pilotos classificados, o Projeto desenvolvido pela Unimed Franca foi aprovado e classificado no seleto grupo de modelos mais completos.