Sucesso de público, o 12º Encontro de Cooperados da Unimed Juiz de Fora proporcionou aos médicos dois grandes momentos, no último sábado. No Premier Parc Hotel, a cooperativa lançou o G.U.I.A. – Gestão Unimed de Indicadores Assistenciais –, um modelo de gestão inovador que garantirá um ganho adicional, já na produção de setembro, sobre todas as consultas e procedimentos. Em seguida, a Unimed Juiz de Fora levou os cooperados, pela primeira vez, ao Hospital Unimed, em construção no Salvaterra.

Didática e bem ilustrada, a apresentação do G.U.I.A. feita pela Diretoria Executiva e consultores mostrou como o novo modelo de gestão muda a lógica da remuneração médica, com foco na sustentabilidade. O G.U.I.A. motiva a participação direta e efetiva do cooperado na gestão da Unimed Juiz de Fora e terá etapas mais avançadas que incluem novas tecnologias e processos para aperfeiçoar a qualidade na assistência ao cliente. As expectativas são as melhores, e o adicional sobre todo ato médico (consultas e procedimentos) agradou em cheio. Os cooperados elogiaram o adicional, com destaque para a implantação assegurada pela solidez da cooperativa.

A meta coletiva é empurrar para baixo o indicador da sinistralidade projetado pelo orçamento anual da Unimed Juiz de Fora e, se alcançada, os cooperados receberão mensalmente um adicional na produção sobre todas as consultas e procedimentos médicos. “Como estamos com a sinistralidade abaixo do máximo estabelecido, este mês já começaremos com o adicional, que representará um acréscimo de 2,5% na produção de setembro”, adiantou o presidente Hugo Borges, anunciando outra boa notícia. “Entramos na era que as grandes organizações chamam de pós-digital. A ferramenta está aí e, sem dúvidas, é a nossa chance de efetivar as melhorias na valorização do ato médico que sempre buscamos. O G.U.I.A. marca um importante passo na modernização da operadora”.